terça-feira, 30 de agosto de 2011

Serviço público ruim? É brasileiro!

Alguns serviços públicos são considerados essenciais à população, como saúde, educação, seguridade social e segurança civil. O bom senso diz que Ministérios responsáveis por esses serviços deveriam receber a maior parte do orçamento da União, mas não é bem assim que acontece. Embora sejam essenciais à população, eles ficam em segundo plano, cedendo lugar às Forças Armadas, por exemplo. Enquanto o Governo gasta bilhões com obras para Copa e Olimpíadas, servidores da educação estão ameaçados de perderem direitos.

E como ficam os servidores públicos desses serviços essenciais? São obrigados a prestarem um serviço de qualidade em troca de um salário abaixo do ideal, com condições de trabalho algumas vezes desumana, além do assédio moral constante de suas chefias de cargo comissionado, que estão ali por indicação política (e sem conhecimento técnico ou de gestão).

A população brasileira não tem saúde, não tem educação, não tem segurança e também não tem esperança de contar com o Estado no momento de necessidade.

E a culpa não é do servidor público.

Enquanto deputados e e servidores do judiciário recebem salários acima de 20 mil, professores e muitos outras categorias do poder Executivo recebem salários ridículos, abaixo as outras esferas governamentais. Em Caruaru/PE, por exemplo, teve de haver greve para que os governos municipal e nacional acordassem um valor que se aproximasse do piso nacional para os professores do ensino fundamental e médio. Uma greve para tentar garantir o que já lhes era de direito. Absurdo!

O Brasil não respeita quem realiza serviços básicos. Isso é fato! Se um juiz xingar sua mãe, é capaz de você agradecer; mas se alguém pedir licença para varrer uma sujeira, você faz cara feia e recusa-se a colaborar.

Há algo de podre no reino do Brasil!

Tratemos bem os enfermeiros, médicos, educadores, policiais, técnicos, servidores em geral, pois deles depende nossa sociedade e neles está depositada a oportunidade de mudarmos este país.

- Postado usando BlogPress para iPhone

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça aqui um comentário sobre o post.