domingo, 13 de fevereiro de 2011

Alguns problemas enfrentados em Caruaru

Antes de qualquer coisa, quero deixar claro que não faço parte de partido político algum, muito menos defendo os interesses de qualquer figura política. Desde sempre tentei me manter neutro diante de disputas dessa natureza. E mesmo diante dos casos que ocorreram na atual gestão em Caruaru, não tomarei partido. No entanto, não posso fechar os olhos diante de tantas decisões desastrosas nos últimos anos.

 Fonte: maisab.com.br
Vamos aos fatos:

1. Ameaça de mudança da feira de Caruaru, gerando conflito entre população e feirantes;
2. Crise na saúde municipal, com falta de médicos, longos períodos de greve e concursos públicos de resultados insatisfatórios;
3. Criação da Destra e os exageros cometidos pelos agentes de trânsito;
4. Duplicação da BR 104, causando desconforto, prejuízos aos comerciantes e exposição da falta de planejamento municipal;
5. Decadência do São João de Caruaru, em junho, e da Festa do Comércio, em dezembro;
6. Criação da Zona Azul no centro da cidade, gerando insatisfação na população;
7. Reforma de praças e asfaltamento de ruas às vésperas da visita do ex-presidente Lula (obras com claro interesse eleitoreiro);
8. Demolição da Vila do Forró sem consultar a população e suas representações, desobedecendo, inclusive, uma ordem judicial;
9. Promessa de criar oito parques ecológicos, mas concluído apenas um deles;
10. Expulsão dos morados de Serra dos Cavalos, um processo longo e cansativo;
11. Demissão de vários profissionais do serviço público municipal;
12. Conexão Wi-Fi gratuita em toda cidade, mas que funciona apenas no centro, além da péssima qualidade;
13. Insegurança no aeroporto;
14. Bairros esquecidos, sem obras de saneamento/iluminação/segurança.

Esses são apenas alguns exemplos dos problemas enfrentados por Caruaru, causados em sua maioria por uma gestão que não escuta seu povo. Eu fui um dos que votou e se arrependeu, pois havia depositado enorme expectativa. Em outros mandatos, esse grupo político mudou a cara da cidade para melhor, mas na situação atual, afirmo que esse novo tempo exige sangue novo. Pessoas antigas com métodos antigos não são mais suficientes para suprir as demandas da população.

O ano de 2012 traz mais uma oportunidade para a população dizer o que quer. Vejamos o que acontece.

Um comentário:

  1. Parabéns pela brilhante exposição.
    Concordo com todos os pontos e acho importantíssimo que haja essa mudança política que a cidade tanto clama. Precisamos sim, de sangue novo.
    Ganhou um seguidor.
    Continue postando!!

    ResponderExcluir

Faça aqui um comentário sobre o post.